Requerer o reconhecimento do estatuto do cuidador informal

O reconhecimento do estatuto permite que o cuidador informal beneficie de várias medidas de apoio. Saiba mais sobre estas medidas no site da Segurança Social.

Aviso

As informações sobre atendimento ao público poderão estar desatualizadas. Dada a situação causada pela pandemia COVID-19, é necessário agendar atendimento para a maioria dos balcões de serviços públicos.
Confirme a informação atualizada a partir da página COVID-19 (novo coronavírus): informações sobre serviços públicos.

Saiba onde pode realizar o serviço e quais as vantagens de cada canal

Requerer no local

Pesquise por um ponto de atendimento perto de si:

Quem pode Requerer o reconhecimento do estatuto do cuidador informal?

  • Pessoas que cuidem de forma regular ou permanente de outras pessoas que estejam numa situação de dependência.

    O cuidador informal pode ser:

    • cuidador informal não principal, se acompanha de forma regular, mas não permanente, a pessoa cuidada, podendo receber remuneração de trabalho, ou receber pelos cuidados que presta à pessoa cuidada.
    • cuidador informal principal, se acompanha permanentemente a pessoa cuidada, vive na mesma casa e não recebe remuneração de trabalho ou pelos cuidados que presta à pessoa cuidada.
      O cuidador informal principal pode ter direito ao subsídio de apoio ao cuidador informal principal. Saiba mais sobre o subsídio de apoio ao cuidador informal principal.

Quais os documentos e requisitos para Requerer o reconhecimento do estatuto do cuidador informal?

  • O cuidador informal tem de reunir todas as seguintes condições:

    • residir legalmente em território nacional
    • ter idade superior a 18 anos
    • ter condições físicas e psicológicas adequadas aos cuidados a prestar à pessoa cuidada
    • ser cônjuge ou estar em união de facto, ser parente ou afim até ao 4.º grau da linha reta ou da linha colateral da pessoa cuidada (ex.: filhos, netos, bisnetos, irmãos, pais, tios, avós, bisavós, tios-avós ou primos).

    A pessoa cuidada tem de reunir todas as seguintes condições:

    Para saber mais consulte a página sobre o reconhecimento do Estatuto do Cuidador Informal no site da Segurança Social.

Como se pode Requerer o reconhecimento do estatuto do cuidador informal?

Na Segurança Social Direta

  1. Autentique-se na Segurança Social Direta com Chave Móvel Digital (CMD), Cartão de Cidadão ou NISS (número de Segurança Social) e palavra-chave
  2. Na opção “Família” selecione “Estatuto do cuidador informal”
  3. Selecione a opção “Pedir novo estatuto do cuidador informal”
  4. Siga os passos até concluir o processo.

Presencialmente

Nos balcões ou serviços de atendimento da Segurança Social ou nas Lojas de Cidadão com atendimento da Segurança Social.

Por correio

Envie o requerimento para a morada de um dos balcões ou serviços de atendimento da Segurança Social.

Requerimento de reconhecimento do estatuto do cuidador informal

Deverá apresentar o formulário de reconhecimento do Estatuto do Cuidador Informal - Mod. CI 1-DGSS devidamente preenchido.

No formulário encontrará ajuda para o seu preenchimento e informação sobre os documentos que deve apresentar, tanto do cuidador informal como da pessoa cuidada.

Informações adicionais

Qual a legislação de suporte?

Entidade responsável por este serviço