Obter informações sobre a Telemedicina

A telemedicina recorre à utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação para divulgar conhecimentos, prestar serviços à distância e permitir a comunicação entre profissionais de saúde não situados no mesmo lugar geográfico.

Saiba onde pode realizar o serviço e quais as vantagens de cada canal

Alterar no local

Pesquise por um ponto de atendimento perto de si:

Quem pode Obter informações sobre a Telemedicina?

  • Instituições de saúde, instituições de ensino na área da saúde, profissionais de saúde.

Como se pode Obter informações sobre a Telemedicina?

A Telemedicina pretende reduzir os esforços dos utentes e dos serviços de saúde e o recurso à urgência hospitalar, permitindo o diagnóstico e a prescrição terapêutica na hora. Estes sistemas de informação e comunicação diminuem as transferências e a realização de exames, melhorando, desta forma, o aproveitamento dos recursos existentes.

A nível dos custos, a Telemedicina tenta reduzir os gastos com exames, transporte de doentes e reembolsos a utentes.

Das vantagens, destaca-se a redução das desigualdades no acesso aos serviços, a prestação de mais serviços com menos recursos, a disseminação de conhecimentos e competências, o aumento da satisfação dos pacientes, o desenvolvimento de recursos de saúde integrados e o melhoramento da comunicação entre profissionais.

Abrange as seguintes áreas:

  • Teleconferência;
  • Teleradiologia;
  • Telecardiologia;
  • Telecardiologia pediátrica;
  • Telepsiquiatria;
  • Tele-emergência;
  • Teleginecologia;
  • Telediálise;
  • Telepediatria;
  • Telepneumologia;
  • Tele-imagiologia;
  • Telecuidados no domicílio;
  • Telepatologia;
  • Teleconsulta (através de videoconferência);
  • Teleformação (na Região Centro e na Região de Lisboa e Vale do Tejo).

Qual a legislação de suporte?

Entidade responsável por este serviço

Eventos de vida relacionados