Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença

Informações e possibilidade de realizar online a renovação do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) na Segurança Social.

Aviso

As informações sobre atendimento ao público poderão estar desatualizadas. Dada a situação causada pela pandemia COVID-19, é necessário agendar atendimento para a maioria dos balcões de serviços públicos.
Confirme a informação atualizada a partir da página COVID-19 (novo coronavírus): informações sobre serviços públicos.

Saiba onde pode realizar o serviço e quais as vantagens de cada canal

Renovar agora
  • Sem filas
  • Gratuito
  • A qualquer momento
Renovar no local

Pesquise por um ponto de atendimento perto de si:

Quem pode Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença?

  • Os trabalhadores abrangidos por um regime de segurança social, os não ativos, os pensionistas e respetivos familiares;

    Beneficiários de subsistemas de saúde públicos;

    Beneficiários de subsistemas de saúde privados;

    Utentes do serviço nacional de saúde, no caso de não haver vínculo à Segurança Social ou a um subsistema de saúde público ou privado.

Quando se pode Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença?

A renovação do CESD deve ser efetuada antes do termo do prazo de validade indicado no cartão, que na generalidade é de três anos.

Quais os documentos e requisitos para Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença?

Qual o Preço para Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença?

É gratuito.

Como se pode Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença?

O Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) permite a uma pessoa segurada ou abrangida por um regime de proteção social de um dos Estados-Membros da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, obter junto dos prestadores de cuidados públicos a assistência médica de que o seu estado de saúde necessitar durante a sua estada temporária em qualquer dos Estados referidos.

É um cartão de modelo único, comum a todo o espaço da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, gratuito e concebido para simplificar a identificação do seu titular e da instituição que financeiramente é responsável pelos custos dos cuidados de saúde de que este possa vir a necessitar.

O CESD é um cartão nominativo e individual, pelo que, cada beneficiário titular e familiar que se desloque ao estrangeiro, deve possuir o seu.

Qual a legislação de suporte?

Entidade responsável por este serviço

Serviços relacionados