Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente

Informação sobre como e onde realizar o pedido de visto para o exercício de uma atividade profissional subordinada ou independente.

Aviso

As informações sobre atendimento ao público poderão estar desatualizadas. Dada a situação causada pela pandemia COVID-19, é necessário agendar atendimento para a maioria dos balcões de serviços públicos.
Confirme a informação atualizada a partir da página COVID-19 (novo coronavírus): informações sobre serviços públicos.

Saiba onde pode realizar o serviço e quais as vantagens de cada canal

Pedir no local
  • Nos Postos consulares portugueses ou na Embaixada/Consulado que detém a jurisdição desse país, no caso de não haver um posto consular português
  • Tem o custo de 75,00€
  • Deverá ser consultado o Posto Consular competente de modo a saber os horários de atendimento para receção de pedidos de visto

Pesquise por um ponto de atendimento perto de si:

Quem pode Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

  • Todos os cidadãos estrangeiros, que não sejam nacionais de Estados Membros UE, do Espaço Económico Europeu e Suíça que pretendam exercer em Portugal uma profissão, subordinada ou independente, de carácter temporário, por período inferior a um ano.

Quando se pode Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

Deverá ser consultado o Posto Consular competente de modo a saber os horários de atendimento para receção de pedidos de visto.

Onde se pode Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

Quais os documentos e requisitos para Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

  • Requerimento em modelo próprio;

    Passaporte ou outro documento de viagem válido;

    Duas fotografias iguais, tipo passe, atualizadas e em boas condições de identificação do requerente;

    Título de transporte que assegure o seu regresso;

    Seguro de viagem válido, que permita cobrir as despesas necessárias por razões médicas, incluindo assistência médica urgente e eventual repatriamento;

    Requerimento para consulta do registo criminal português pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF);

    Certificado de registo criminal do país de origem ou do país onde o requerente resida há mais de um ano;

    Comprovativo das condições de alojamento;

    Comprovativo da existência de meios de subsistência;

    Quando aplicável, declaração emitida pela entidade competente para a verificação dos requisitos do exercicio de profissão que, em Portugal, se encontre sujeita a qualificações especiais;

    Trabalho subordinado:

    Contrato de trabalho ou promessa de contrato de trabalho no âmbito de uma atividade profissional subordinada de carácter temporário (seis meses);

    Declaração do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de que a promessa ou o contrato se refere à oferta disponível para nacionais de países terceiros (trabalho sazonal);

    Trabalho independente:

    Contrato de sociedade ou prestação de serviços no âmbito de atividade independente de carácter temporário.

Qual o Preço para Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

Tem o custo de 75,00€.

Qual o Prazo para Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

30 dias.

Como se pode Pedir um visto de estada temporária para trabalho subordinado ou independente?

Informação e instrução de visto para cidadãos estrangeiros que pretendam obter visto para o exercício de uma atividade profissional subordinada ou independente.

Entidade responsável por este serviço

Eventos de vida relacionados